segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Vamos ficar fininhas? ATUALIZADO

Ana Paula durante uma de suas apresentações



Lembram daquele aulão de dança do ventre?


Pois é. Fez tanto sucesso que Ana Paula, a idealizadora, resolveu incorporar a aula á rotina da Academia Rodrigues.


Abaixo as informações:





AULA DE DANÇA DO VENTRE NA ACADEMIA RODRIGUES EM ITABORAÍ

Matrícula: R$5,00 Mensalidade: R$ 40,00


TURMA 1: SEG e QUA, das 8h às 9h


TURMA 2: SEG e QUA, horário 17h às 18h.


Entrar em contato com a academia: 2635-1294 ou 2645-5817.


Faça uma aula experimental!






Lembrando que a dança do ventre tem vários beneficios: Primeiro, ganha-se cintura mais fina e formas mais arredondadas, por conta dos movimentos ondulatórios, que queimam as gordurinhas e trabalham os músculos da cintura e dos quadris. Trabalha-se respiração, contração e distensão do ventre, para aprender a tão famosa ondulação, o que resulta em músculos abdominais mais fortes e definidos (isto ajuda enormemente no parto). Não, Dança-do-ventre não dá barriga, isto é mito. Além disto, há os movimentos que exigem agachamento constante, o que exercita enormemente as pernas. É de baixo impacto


Fonte Danven


ATUALIZANDO

EU TO FAZENDO AS AULAS E TO ADORANDO.
SE VOCÊ QUER SE MEXER SEM LEVANTAR PESO OU FAZER ESFORÇO ESSE É O MELHOR JEITO
EM 2 AULAS JÁ TO SENTINDO MEUCORPO TODO DOLORIDO, MAS É UM DOLORIDO BOM POR ESTAR MEXENDO EMMUSCULOS ATÉ AGORA INERTES
RECOMENDO

Diário de uma celíaca



Tenho resistido bravamente as tentações, não comi nem meu paozinho sagrado de toda manhã.


Nesse fim de semana a madrinha do meu filho trouxe um opte de sorvete, não contém glúten mas contem lactose que to evitando, legal, resisti a minha grande paixão.


Tudo bem que eu quase tinha um treco toda vez que Neto soltava um "mãe quero mais", mas eu resisti bravamente.


Porém ontem mamãe me deu o golpe de misericórdia: trouxe um queijo curado,, do jeito que eu gosto, com pouco sal, hummmmmmmmmm


Juro que to a ponto de ter um treco. Ao sorvete eu resisti, mas ao queijo... tá dificil.


Vocês devem estar se perguntando: por que raíos eu to evitando lactose se meu problema é o glúten?


Quem tem alergia ao glúten tem maiores chances de também ter alergia a lactose. E como eu quero comer rabanada no natal... bem, prefiro me poupar agora pra poder passar mal a vontade nas festas de fim de ano.


Bom, enquanto escrevo esse post, me mordendo de vontade de comer queijo e sorvete, eu como um adeliciosa gelatina de morango, argh




domingo, 29 de novembro de 2009

Meu Gatinho Noel


Outro gato mutante, dessa vez um gato noel mutante, já pendurado na árvore de natal que montamos hoje , ou melhor começamos a montar, pois a maior parte das minhas bolinhas precisa ou de uma fitinha pra pendurar ou de uma boa mão de tinta, e como hoje é domingo...

Domingo sem sol, sem chuva, perfeito!!!!

sábado, 28 de novembro de 2009

Hummmmmmm que bom


Como disse hoje cedo, eu tava procurando uma receitinha pra saciar minha vontade de comer pão e achei!!!

O nome é pão de queijo sem glúten e sem lactose, tirei do sem gluten e sem lactose . É identico ao pão de queijo tradicional.

Quem tá com intolerância a glúten aqui em casa sou eu, mas o paozinho ficou tão bom que até meu marido gostou..Quentinho com manteiga é tudo!!! Só que da próxima vou ver se fica bom com uma essencia de queijo que já vi vendendo por ai


pão de queijo sem glúten e sem lactose

Ingredientes:

- 3 ovos

- 1/2 copo de óleo

- 1/2 copo de água

- 1 colh. (sopa) rasas de açúcar

- 1 colh. (chá) de sal

- 2 copos de polvilho doce

- 1 colh. (sopa) fermento em pó

Preparo:Pré-aqueça o forno em 180º e untar as forminhas. Bater tudo muito bem no liquidificador e acrescentar por último o fermento. Colocar a mistura nas formas e assar até você enfiar o garfo e sair sequinho (no meu forno deu uns 10 minutos)


Não se assuste, ele incha bastante no forno e depois murcha, normal

Fica infinitamente melhor se você colocar em formas de empada, eu pus ate pouco acima da metade
Bom apetite!!!

Em busca do pão sem glúten

Eu to quase enlouquecendo sem comer glúten. O pãozinho frances de cada dia era parte integrante do meu ser, vocês não tem idéia.


Eu to pesquisando várias receitas sem glúten por aí, achei um blog muito legal chamado sem glúten e sem lactose . ou seja perfeito pra mim!!!


Descobri, entre outras coisas, que o que tenho pode ser temporário. Mas mesmo assim, depois de ler a respeito eu vi que o glúten tem sido um veneno pro meu intestino, finalmente entendi porque sempre tinha problemas intestinais, desconfortos e outras coisas incitaveis(existe essa palavra?)





Bom, pelo menos maridão apoiou a idéia, mesmo meio incrédulo quanto á intolerância. Mas como eu disse antes: nos meus orificios ninguém mexe! Só faço o bendito exame se o bicho pegar mesmo, mas pelo que to vendo isso não vai acontecer,ufa! E quanto ao exame de sangue, hehe, eu TENHO PAVOR DE AGULHASSSSS!!!!!!! Já encontrei uma lista de exames necessários na internet que inclui endoscopia, colonoscopia (acho que é assim que escreve), exames de fezes, urina e sangue. Como já disse, melhorei muito depois da retirada do glúten, logo não vejo motivo pros exames (tá, tá, tá, eu sou cagona com médico mesmo... aff)





Me sentindo infinitamente melhor, há dias sem comer glúten e lactose(tirei a lactose por tabela, quis evitar uma reação alérgica também, mas vou reintroduzir aos poucos na alimentação num futuro pra lá de distante... ENQUANTO ISSO LEITE DE SOJA ENRIQUECIDO COM CÁLCIO NO CAFEZINHO!)





Bem, maridão se empolgou com o brogue , minha vaca, digo gata ta querendo arrumar filhote de novo. Ela passou a noite vadiando, tive que prender na coleira e mesmo assim deu um jeitinho de fugir... mais tarde vou ligar pra faculdade de veterinária que tem aqui perto pra ver sobre a castração dela e dos pimpolhos.


Ah, sobre os pimpolhos, ao contrário de mim estão tomando leite, com direito a potinho novinho em folha(que logo logo terá as iniciais deles, que nem o da mãe). O quincas não gostou muito da idéia, mas do jeito que a mãe deles ta serelepe ele vai ter que se acostumar.








Assim que o dia amanhecer decentemente (aqui em Itacity tudo abre após as 9:00 !!) vou tentar ir ao mercado pra comprar os famosos polvilhos doce ou azedo pra fazer algumas receitas.





Tentarei voltar mais tarde com mais novidades

Inté

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Hoje é sexta feira!!!


O dia tá lindo e tô cheia de coisas boas pra contar



Pra começar, finalmente convenci o maridão a fazer um blog. Poxa, ele é cheio de idéias, tem opinião e humor peculiares, acho que pode dar super certo.



O blog dele é esse aqui , quem quiser pode ir lá pra conferir o 1º post dele.



Guarde esse link, você pode precisar




Bom, navegando por aí achei essa reportagem super bacana da Casa e Jardim sobre paisagismo: Plantas: as top 50 .Pra quem, como eu, não entende muito de plantas é uma mão na roda, pra não dizer as 2 logo!




Bom, agora vamos ao lado sério da coisa: Por que raíos eu não tenho postado sobre decoração...



Eu to viciada em Preto e Branco, quando digo viciada é viciada mesmo, a ponto de quase fazer marido se virar pra comprar uma lata de tinta pra gente repintar a casa toda de preto e branco, os móveis tudo!



Bom, com tanto preto e branco na cabeça a inspiração acaba ficando meio afetada né...



Eu tava querendo há algum tempo trazer mais idéias sobre organização, mas tá dificil. Enquanto esse vício não for embora não vai ter jeito.



Então eu trouxe um pouquinho só do que a minha rarefeita imaginação permitiu:




Algumas idéias simples que podem mudar sua casa!







Essa foto tirei do Chega de Bagunça, gente olha que idéia genial.Você tem um varal atrás de uma porta, por exemplo, e quando não estiver usando basta recolher, deixando o ambiente bonito e discreto.
Não é muito dificil de fazer pra quem tem um pouco de habilidade com madeira... Júnior... eu quero!






Originalmente essas prateleiras foram executadas num closet, mas podem ser perfeitamente instaladas naquele espaço sem uso do seu armário ou naquele cantinho do quarto. O mecanismo é bem simples: prateleiras deslizantes, igual as gavetas dos armários, o suporte do teclado na mesa do computador, etc. Quem já viu o montador de móveis em ação sabe que não tem muito mistério: o segredo é ter tudo separado nas medidas exatas, daí é so parafusar... Bem, pra quem não tem muita habilidade com a furadeira, é melhor chamar o marceneiro mesmo... até que não deve sair muito caro. Pra quem quiser aí vai uma sugestão de medidas: 75 x 15 x 60.








Outra idéia pra trás da porta e que não exige muita habilidade.






Olha que ótima idéia pra aproveitar os espaços vazios.
Pra essa idéia obrigatóriamente tem que ter um marceneiro.
Quem não tem um cantinho sem uso em casa?
Eu faria ligeiramente diferente. Aproveitaria melhor as laterais e com a parte interna giratória, aproveitando melhor todo o espaço. Daí uma ótima maneira de organizar os livros das crianças no quarto, ou os livros de receita na cozinha...ahh esssa estante preta na minha cozinha preta...




Tenham todas uma ótima sexta feira e um ótimo final de semana!!!










quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Mais

Agradecimentos

Quero agradecer a todas que me acompanham, a todos que visitam o blog, a quem deixa aqui seu recadinho. Muito obrigada!!!



Como deu pra perceber, troquei o plano de fundo do blog, vocês não fazem idéia de como enjoô fácil dessas coisas.... Testei, testei, testei e optei por esse aqui, achei fofo, só não me falta o marido reclamar de novo.




Más notícias:



Lembram da aula de dança do ventre?


Foi o máximo!!! Mas eu faltei ...


É que ando doentinha, tô gripada e pra completar aparentemente to com alergia a glúten (doença celíaca). Aparentemente porque não procurei o médico ainda, deduzi pelos sintomas e pelo resultado da eliminação do glúten da minha alimentação.


Se eu comer pão fico empachada, com dores abdominais, inchaço, falta de apetite ,muito sonolenta e um mal estar horrivel, entre outras coisas. Ao excluir o glúten da minha alimentação os sintomas desaparecem. Não precisa ser médica pra tirar aas conclusões né...E como o tratamento consiste unicamente em excluir o glúten...


Engraçado que descobri por acaso, graças áquela dieta que resolvi fazer .Eu diminuí muito a quantidade de pão do meu dia a dia, quando comi mais pães do que estava comendo meu organismo deu o alerta. Daí a importância de conhecermos o nosso corpo.








Agora o mais importante: meus bebês!!!


Gente, os gatinhos já se arrepiam na hora de brincar, o Quincas (sempre o Quincas) já tá tentando subir nas coisas, e eles não tem nem 1 mês...


Eu tava pensando em doar 1 filhote, mas com a morte do Jay desisti, vou ficar com o 3! E seja o que Deus quiser!








E agora a imagem do dia


Napoleão dormindo agarrado na mãe, com a lingua de fora!




Por hora é só, volto em breve com algo muito bacana que tô preparando...aguardem!!
Até mais pessoal!

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Pra quem gosta e não entende bulhufas como eu





Muito legal essa matéria sobre paisagismo, com as plantas que são as top 50, as maisbonitas, práticas e funcionais do assunto


Vale a pena conferir





quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Meus bebês

Obrigada pelas visitas e comentários, sempre que dá eu respondo, pode demorar um pouquinho mas tento responder a todos, ok!


Agora vamos ao que vim, os meus gatinhos!!!



Eis os lindinhos








Da esquerda pra direita: Napoleão/Antonella, Quincas/ Dóris, Martinho/Hanny/Smigol


Continua a confusão pelo sexo dos gatinhos, marido não aceita minha opinião de jeito nenhum, to procurando alguém que entenda da coisa pra opinar... enquanto isso não acontece...
Marido concorda plenamente com os nomes que escolhi, só que por ocasião da abertura de olhos tardia de um dos filhotes ele tá chamando o bichinho de Smigol (do filme Senhor do Anéis, aff).




Ele acha o gatinho parecido






O que vocês acham. Parece ou não parece?




Bem, como eu escolhi o nome de 2 dos gatinhos, achei justo ele opinar... mas o martelo ainda não foi batido


E olha só quem já tá brincando





Os 3 na caixa brincando



Pra desespero da mamãe gatinha os filhotes adoram ficar fora da caixa maternidade, pra não ficarem direto no chão a gente coloca os 3 no sofá










Os dentes de Quincas já começaram a nascer, acho que isso explica Cléo ficar fugindo deles...


Bem acho que isso é tudo por hoje

Novo blog



Gente, eu não sou blogueira de agora, fiz meu 1º blog quando estava grávida de Neto, no extinto geocities do yahoo(consegui salvar todo o blog no computador, mas ainda não achei um lugar pra divulgar, o formato é imcompativel com o do blogger). Quando escolhi o blogger pra fazer meu blog pessoal usei vários critérios, como a simplicidade de manuseio e a praticidade.
Frequentando o wordpress me deparei com algumas ferramentas que não tem aqui, por isso resolvi fazer meu blog lá também.



Calma, EU NÃO EXCLUIREI ESSE BLOG!!



Apenas quero testar e ver se vale a pena, daí se valer a gente pensa direitinho depois né...



Bem, o endereço é quase o mesmo http://manuelanygaard.wordpress.com/




ATUALIZANDO: COMO ADMINISTRAR 2 BLOGS É MUITO COMPLICADO RESOLVI NÃO USAR MAIS O DO WORDPRESS
OBRIGADA A TODAS PELAS VISITAS


Continuarei postando aqui e postarei as mesmas coisas lá também, pois como eu disse é uma nova experiência que quero conferir.




Você agora pode escolher onde e como me acompanhar,
Espero ver vocês lá também




vamos dividir juntas essa experiência!!!




Mais novidades eu aviso ok!













Sobre os gatinhos:




Finalmente Martinho/Hanny abriu 1 olho, Jr ta chamando ele de Popeye. Pena que não tirei fotos, prometo uma atualização felina completa na próxima postagem, ok!


Gente, eu não disse né, domingo passado meu cahcorro morreu (nossa, ainda estamos arrasados com isso, meu filho tá achando que Jay foi pro telhado e que vai descer a qualquer momento, eu ainda não consegui dormir uma noite inteira deste o ocorrido). Mas domingo passado também foi meu aniversário de 1 ano de casada na Igreja (vocês se supreenderiam com a minha capacidade de inventar datas pra comemorar). Maridão me deu um lindo gatinho de cerâmica lindo, lindo, lindo mesmo!!! Adorei!!! Eu amo gatinhos, e maridão sabe bem disso. Tadinho, só errou 1 vez, que comprou um despertador de gatinho (eu ODEIO O TIC TAC DO RELÓGIO), acabou ficando só de enfeite no meu quarto, nunca usei o bichinho, e eu não gosto de ter coisas que não use em casa... quem sabe num futuro muito distante...

Bem, eu não dei nada pra ele, afinal to dura feito um coco, por isso fiz aquele post...


Bom, recado dado, até a próxima pessoal (ihhh, ando vendo muito desenho com Neto)

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Você tem orgulho da educação que dá aos seus filhos?

Eu me orgulho da educação que dou ao Neto. Me orgulho de não ensinar meu filho a dançar a dancinha da moda ou a assistir o último lançamento do dvd pra crianças de ex atrizes pornôs metidas a apresentadoras infantis. Meu filho é uma das poucas crianças que conheço, se não for o único, que assiste programação adequada para a idade dele. Que não fica grudado na tv assistindo um desenho de luta, que prefere ajudar a debulhar guando a ficar jogando no computador ou game. Meu filho assiste os desenhos da TVE!


Apesar de meu marido e eu termos todas as últimas novidades tecnológicas que queremos em casa, por opção nossa, somente agora Neto tá aprendendo a usa-las. Por exemplo, ele senta no computador, mas apenas para pintar, ver vídeos que NÓS escolhemos pra ele (a maioria montagem com gatinho do youtube) e se comunicar pelo buddypoke no orkut com a madrinha e outras pessoas queridas, as vezes deixamos jogar na internet num site de jogos, mas de forma supervisionada e somente jogos infensivos.

Agora me digam: que país vocês conhecem que se preocupam com o que o filho vê no computador? Ou você mesma que tá lendo isso agora sabe o que seu filho vê na internet?


Eu respondo, já vi o filho de uma amiga minha (da idade de Neto, 4 anos) jogando jogos violentos(Counter Strike e afins), vendo filmes pornôs e o pior: os pais achavam isso a coisa mais normal do mundo!


E vocês, acham isso normal?


Qual a necessidade de colocar uma criança de 4 anos pra jogar CS?
O que aconteceu com as brincadeiras de bola, com os carrinhos, com o simples futebol com os meninos na rua? (gente, eu moro no interior, cresci assim, e apesar de viver num lugar totalmente propício a essas coisas, não vejo uma única criança na rua brincando, nem de bola, nem de boleba, nada!)


Ou porque então achar natural uma menina de 2, 3, 4 anos que seja vestindo mini saia e top dançando na boquinha da garrafa (juro que to por fora do que rola de lixo musical por ai)?


Quando recebi esse vídeo da Lidiane eu já pensava em tudo isso, mas nunca havia assistido algo que conseguisse com tão pouco expressar meus sentimentos.


Por favor, se você é pai, mãe, educador ou simplesmente ser humano assista!











video














O vídeo diz: as crianças vêem, as crianças fazem. E é exatamente isso. Se você der o exemplo ele irá seguir, seja o exemplo bom ou ruim. Se você deixar seu filho ver e fazer o que quiser, sem limites ele irá fazer, seja comer um doce entre as refeições ou até mesmo pegar aquela arma, que você tem escondida ,e acha que ele não sabe onde tá, pra levar pra escola e atirar num amiguinho porque viu na novela e achou engraçado

Usando um exemplo bem moderninho, crianças são como um cd virgem: você pode inserir o que quiser dentro da capacidade de armazenamento dele , mas não pode apagar depois;



Nós damos o exemplo, nós escolhemos o que nossos filhos serão, logo é nossa responsabilidade. Se eles fazem o que fazemos não é apenas porque estamos agindo errado, dando mal exemplo.


Como dizem (sei que está ficando repetitivo, mas acredito muito nisso) : o Universo conspira para que as coisas aconteçam(parece que existe até religião pra isso, credo). Se você inicia algo , por mais que tente esconder, a tendência é esse algo voltar pra você de alguma forma, a sua atitude provoca um movimento universal ao seu redor.

Você nunca parou pra pensar porque sempre que você começa a fazer obras na sua casa logo tem obras rolando por toda a vizinhança? Ou quando você fica desempregado um tempão, procurando emprego e nada, quando finalmente consegue trabalho começam a aparecer propostas de outras empresas?

Vou contar uma coisa que aconteceu comigo: eu usava baby bag(canguru)com Neto deste pequenininho, não existia pra comprar aqui, ninguém sabia o que era, nunca tinha visto ninguém usar, nem aqui onde moro nem no Rio. Eu conheci pela internet. Gente, graças ao canguru passei uma das situações mais inacreditaveis da minha vida: Eu no centro do Rio (Edificio garagem menezes cortes, pra quem conhece, aquela lateral cheia de barzinhos), final da tarde de 6ª (lá vira point de pessoal de escritório, fica sem ter por onde passar de tanta gente bebendo e conversando) eu tinha que passar ali com Neto no canguru pra ir pra casa, e lá fui eu, normalmente, quando marido chama atenção pra um detalhe: aquela multidão (acho que eram pelo menos uns 150) olhando pra gente, com ar de incredulidade, parecia que tavam vendo um et! Me senti por uns instantes num corredor polonês! De repente os sorrisos simpáticos começaram a surgir e os murmurinhos "é um bebê, ela tá carregando um bebê ali!"
Juro que não muito tempo depois disso, começaram a surgir baby bags por todos os lados, e hoje é quase impossivel você andar na rua sem ver um.








Bom, como eu não vivo apenas de indignação, mas de vergonha também, trago pra vocês um monstrinho que acabei de fazer. Eu juro que era pra ser um gatinho, saiu torto, desengonçado, mas prometo que farei um mais lindinho pro natal (em feltro que não tem como errar).








Falando em gatinhos, olha ai o meu gatão segurando um dos gatinhos (Napoleão/Antonella), deseperado por sinal...



segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Orgulho de ser brasileiro?

Não faz muito tempo o Brasil foi escolhido pra sediar copa e olimpíadas. Tá todo mundo dizendo quanto isso é bom pro país e blá blá blá. Mas alguém se lembra das últimas Olimpíadas? A china não se tornou um lugar tão melhor pra se viver depois delas.




Eu não acredito nisso!




Sou brasileira e sinto muito dizer que acredito no Brasil, mas não num Brasil moderno de 1º mundo, mas no Brasil real que conhecemos. Gente, pelamordedeus, sejamos realistas, segundo a Veja "A carga tributária brasileira é comparável à de países como Espanha e Alemanha - nações em que o retorno dos impostos em serviços para o cidadão é reconhecidamente maior. Além disso, o peso dos tributos sobre empresas e cidadãos brasileiros é maior do que o registrado em economias pujantes (muito fortes) como Estados Unidos, Japão, México e Coréia do Sul"

Olha o que diz a BBC sobre as dificuldades que as empresas passam no Brasil, segundo a reportagem o Brasil fica atrás da Colômbia e da Argentina (lembra a Argentina que quebrou numa crise há poucos anos e que as pessoas passavam fome por não ter comida no país... )

Daí vem a pergunta: se a gente paga isso tudo de imposto cadê o dinheiro?

Por que os ministros do Supremo tem um salário de R$ 24.500 mensais, enquanto o salário mínimo é de R$465,00?(Lembrando que qualquer aumento do genero pode gerar uma equiparação com os magistrados do STF para os parlamentares, o que gera um tremendo efeito cascata). Claro que sempre tem a desculpa dos cofres separados: um cofre pra inss e um pra pagamentos, isso pra mim não cola.



Outro dia numa conversa veio a questão: porque eu tenho que pagar IPVA se as estradas onde trafégo são privatizadas, logo tenho que pagar pedágio pra trafegar nelas? Daí vendo tv eu vi um advogado paulista falar a respeito, infelizmente não anotei nada, mas o que ele disse era mais ou menos o que está aqui . E por coisas assim que a carga tributária é tão alta, e daí vem o ponto onde quero chegar: a população brasileira por acaso não sabe dessas coisas?Sim sabe! E porque não faz nada? Não faz nada por um único motivo: o brasileiro é hipócrita.

Isso fica claro em situações que de tão incríveis chegam a ser cômicas. Como o caso da uniban, quem já não ouviu falar da Geyse Arruda no seu vestido rosa?






No Brasil você pode sair na rua assim no Carnaval, mas a Geyse não pode ir á faculdade com um vestido ousado

Só pra fixar: ela estava na faculdade, faculdade é o lugar onde os futuros médicos, dentistas,advogados, engenheiros e demais profissionais se qualificam para tal. Daí lembramos do Palace II , ou dos inúmeros casos de erro médico que cada um de nós já ouviu falar , entre outras atrocidades


Ou seja: se você é brasileiro e quer morar no Brasil tem que ser sensual apenas quando uma grande maioria da população achar conveniente, apesar das propagandas na tv e nas revistas incitarem o contrário; tem que pagar uma tributação altissima sem ter retorno e ainda pagar pra ter os serviços que deveriam ser prestados pelo governo que recebe todos esses impostos.


Eu não me sinto a vontade nesse país, me senti ofendida ao ouvir do governo que seriam investidos 25 bilhões provenientes dos cofres públicos somente para as olimpíadas . Pois a questão que surgiu foi a seguinte: se os meus impostos estão lá porque não são usados? Por acaso a vinda de estrangeiros é mais importante do que o cumprimento dos meus direitos civis previstos na constituição?


Como podem ver, fiz questão de pesquisar sobre tudo que escrevi, de colocar artigos já publicados que não me deixam mentir.


Agora me digam realmente vale a pena acreditar num futuro pra esse país?


O governo insiste em dizer que o Brasil é conhecido lá fora pela hospitalidade do povo, mentira. Basta abrir o google americano e digitar brazil pra ver qual é a imagem do Brasil no exterior.



A legenda diz: "Grande Viagem Web: o Guia definitivo das praias do Brasil , Carnaval, vida noturna e viagens em destaque", ou seja Brasil é mulher com roupa pequena, Carnaval e praia.







E mais uma vez voltamos ao mesmo ponto: a hipocrisia.Afinal: somos um povo generoso e hospitaleiro. Assista a esse vídeo e esse outro e veja a honestidade do povo brasileiro em ação.


Não acredita? Então faça o teste, eu já fiz e fiquei horrorizada! Jogue uma nota qualquer no chão e veja se alguém devolve. Ou coloque uma velhinha com dificuldades pra atravessar uma rua, ou uma criança perdida na multidão. Tem quem ajude: sim, tem. Mas a maioria só o faz se for pra levar vantagem.




Tá na hora de começarmos a pensar: quem realmente somos? Pagamos impostos a nível europeu e vivemos miseravelmente. Somos um povo que vai a escola e não aprende a ler, que precisa ter cotas raciais pra entrar no ensino superior (tamanha a falta de qualidade no ensino público, e ainda acham essas cotas uma solução!). Você nunca parou pra pensar no motivo real da existência dos vestibulares?Eles existem porque não existe universidade para todos que queiram, são uma forma de segregação, exclusão. Sou contra as cotas raciais, contra vestibulares e a favor da construção de escolas e faculdades para todos. Veja aqui o exemplo de Cuba, um país rico em educação e saúde, mas pouco empreendedor.




Há muito tempo decidi votar nulo, se não acho um politico que seja no mínimo mais ou menos eu voto nulo. E vou continuar fazendo assim até aparecer alguém melhorzinho ou o que acho que realmente pode fazer a diferença: o sistema politico brasileiro mudar de presidencialista pra palarmentarista (veja aqui a gritante diferença )


Cabe a cada um de nós fazer a diferença. Seja reciclando pra preservar o planeta, seja anulando os nossos votos em protesto ou simplesmente educando os nossos filhos pra que eles tentem fazer algo melhor pelo nosso país.

domingo, 15 de novembro de 2009

JAY MORREU

Jay morreu aproximadamente as 17 horas de hoje, de causa desconhecida, provavelmente envenenamento(por ter comido alguma planta o u bicho envenenado).

Meu marido fez uma homenagem no orkut a esse grande quase gente que ficou conosco por menos de 1 ano mas mudou completamente as nossas vidas


LOVE IN THE AFTERNOON

É tão estranho
Os bons morrem jovens
Assim parece ser, quando me lembro de você
Que acabou indo embora, cedo demais
Quando eu lhe dizia, me apaixono todo dia
É sempre a pessoa errada
Você sorriu e disse: eu gosto de você também
Só que você foi embora cedo demais
Eu continuo aqui
Meu trabalho e meus amigos
E me lembro de você
Dias assim, dias de chuva, dia de sol
E o que sinto não sei dizer
Vai com os anjos, vai em paz
Era assim todo dia de tarde
A descoberta da amizade, até a próxima vez
É tão estranho
Os bons morrem antes
E lembro de você e de tanta gente que se foi cedo demais
E cedo demais,eu aprendi a ter tudo que sempre quis
Só não aprendi a perder
E eu que tive um começo feliz
Do resto não sei dizer
Lembro das tardes que passamos juntos
Não é sempre mas eu sei
Que você está bem agora
Só que neste ano eu sei que o verão acabou
Cedo demais

Até um dia Jay

Amor da minha vida








Há 1 ano me casei na Igreja com o homem da minha vida.




Nossa história começou muito tempo antes disso:

Em 2001,eu morava com outro carinha, estudei numa escola onde Jr era inspetor e dava aulas de informática. Fiz amizade rapidamente com ele através de outras pessoas da escola. Em pouco tempo eu descobri que ele era irmão de uma ex colega de classe minha, lá dos tempos de 7ª série e que estudamos na mesma escola, sem nunca nos conhecermos(eu era rato de biblioteca e ele de quadra).



O tempo passou, eu separei, namorei um carinha ridiculo que não tinha nada a ver comigo, mas nesse meio tempo por muito pouco (pra ser mais exata pela interferencia de um amigo bebado com medo das cantadas dos travestis da praça) nó não começamos nossa história de amor.


Perdemos contato, nos reencontramos em 2003, durante uma festa na cidade. Eu tinha ido toda triste porque estava iludida com uma paixonite, e quando eu ia descendo a rua da praça pra ir pra casa quem estava subindo a mesma ladeira: Jr.


Passamos os 3 dias da festa nos encontrando, apenas conversando, colocando o papo em dia. Alguns dias depois, ainda por causa daquela paixonite, eu resolvi me mudar, ia somente com uma mochila de roupas nas costas atrás de um emprego na região serrana, já havia té mesmo conseguindo alguns endereços de pousadas pra procurar emprego (eu estudava hotelaria).



Quando liguei pra Jr contando de minha decisão ele foi enfático: "me encontra na praça pra gente conversar melhor". No caminho encontrei um amigo de infância que me acompanhou até a praça e fez companhia até a chegada de Jr, ele fez uma barquinho de papel que tenho até hoje.


Jr disse depois que achou que eu tava namorando com meu amigo, hahaha...

Papo vai, papo vem, dai rolou nosso 1º beijo. Era 13 de agosto de 2003.
Em 5 de dezembro seguinte casamos no cartório. Nem preciso dizer quemuita gente foi contra o que consideraram um casamento relampago.
Ainda em dezembro engravidei da minha 1ª filha, em maio perdi ela. Mesmo comtodas as dificuldades da gestação de risco, com todos os custos excedentes e com o prometido emprego dos sonhos dele indo por água abaixo nosso casamento não foi abalado. Ele estava ao meu lado.
O tempo passou, as dificuldades aumentaram e engravidei de novo, dessa vez de Neto. Mais uma vez ele estava ao meu lado, batalhando pra nos dar uma vida melhor e pra termos nosso bebê com saúde.

Quando Neto ia fazer 1 ano descobri na emergência do hospital que estava grávida de 10 semanas, com muitas dores e sangramento. Uma semana depois perdi o bebê. E Jr ao meulado, como sempre.

No carnaval seguinte engravidei de novo, dessa vez por acidente, já haviamos decidido que não iriamos mais tentar. Novamente muita dor e sangue. Dessa veztivemos uma crise,que passou.


De lá pra cá muita coisa mudou. Eu era quase cética em relaçãoa minha fé, tornei-me incrédula quandovi minha filha morta num saco plástico de hospital. Depois de perder os outros bebês descobri que na verdade tudo acontece por algum motivo, como dizem o Universo conspira a favor das coisas. Voltei a crer em Cristo e descobri algo muito maior do que qualquer coisa que eu já tenha lido ou pesquisado (meu hobbie quando adolescente era estudar religiões): o amor maior de Sua mãe, a Virgem Santíssima, mãe que como eu sofreu, que como eu sorriu e como eu sempre teve ao seu lado um marido que a amava incondicionalmente, amava seu filho, acreditava nela e na sua fé. Conheci a devoção Mariana.

Não sou tão mariana quanto gostaria de ser, nem vou a Igreja como gostaria, mas a fé na Virgem Maria, em suas diversas faces, em São José no seu papel de esposo perfeito me trouxeram uma nova luz.

Foi aí que decidi casar na Igreja.


Jr é católico deste que nasceu, assim como eu, sendo que eu fui criada afastada da Igreja e ele foi criado como católico.


Quando casamos no cartório a família dele questionou porque não casaríamos na Igreja. O mesmo ocorreu quando Neto nasceu e eu não quis batiza-lo.


Eu não sabia mas já agia como verdadeira católica. Afinal pela fé católica só se batiza um filho para dar a ele a fé que os pais tem e que querem que ele tenha. Só se casa na Igreja para consagrar, tanto que é um dos sacramentos da Igreja (por isso que a Igreja proibe o divórcio).


Em 15 de Novembro do ano passado finalmente conseguimos nos casar na Igreja, depois de muitas dificuldades pra conseguir isso.



E depois de 6 anos juntos, eu digo: tirei a sorte grande!

Nesse meio tempo vi pessoas casando e separando, casamentos mantidos somente pela aparência, casais casados há décadas que nem se conhecem de verdade e nós 2 ainda juntos contra todas as expectativas, com gente torcendo contra, com gente atrapalhando, por muitas vezes podendo contar somente um com o outro MAS ACIMA DE TUDO FELIZES.





Em 6 anos foram poucas as ocasiões em que realmente tenha havido algum atrito, foram poucas as vezes em que por algum desentendimento, alguma palavra mal compreendida brigamos.



Hoje eu amo esse homem muito mais do que há 6 anos atrás.



Hoje sei que o homem que escolhi pra ser o pai dos meus 4 filhos não é só o carinha legal do colégio, é O CARA. Um homem maravilhoso, bondoso, gentil, carinhoso. O homem que amo.




Amor sei que você vai ler isso, você lê todas as minhas postagens, então saiba:



TE AMO



FELIZ ANIVERSÁRIO!


sábado, 14 de novembro de 2009

Eita sábado

Comecei o sábado postando e to aqui de noitinha postando de novo.
Eita diazinho esse de hoje...
1º meu cachorro amanheceu doente, aparentemente é algo no estomago... marido ta cuidando do bichinho, ele já melhorou muito, mas ainda tá caidinho




Olha como o bichinho ta caido, desanimado, ta molhado porque achamos que fosse o calor e demos um banho nele...



E olha só o que eu achei hoje: meu 1º fio de cabelo branco!!


Se alguém acha que corri pra farmácia pra comprar tintura pra disfarçar está enganado, eu passei a vida toda esperando esse dia e ele chegou!!! Pena que como costuma dizer maridão: "o cabelo branco foi resultado de aborrecimento"


No máximo faço luzes no cabelo...mas tomando cuidado pro meu fiozinho branco ficar lá.


A foto tá ruim eu sei, mas o que importa é que está registrado!!


Como disse marido quando eu mostrei: bem vinda ao clube!




Notícias desse sábado

Adivinha quem abriu os olhos....





Quincas/Dóris


Napoleão/Antonella


Só Martinho/Hanny não abriu os olhos ainda




Motivo da confusão sobre o sexo dos filhotes:

Marido sismou que ainda não dá pra ver. Eu ja tive um monte de gatinhos em casa quando pequena,aprendi a ver o sexo dos gatos e só errei 1x com um que ganhei(eu vi quer era macho, mamãe sismou que era femea, dai depois de adulto não teve mais como negar que era macho, se é que me entendem). Mas como o marido tem sempre razão eu prefiro deixar o tempo mostrar quem tá certo...Mas que são 2 machos e 1 femea, ah são sim, o único que to na dúvida é justamente o que não abriu os olhos...é o que tá demorando mais pra desenvolver, o que ganha menos peso...



Ontem foi o aniversário da minha tia e fiz pra ela um conjunto pra cortina,meu 1º bordado com pedraria















Ela disse que gostou, espero que tenha gostado mesmo, porque fiquei até as 3 da manhã fazendo, rsrsrs


Um ótimo fim de semana pra todas, um domingo maravilhoso, cheio de paz!!

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Passando rapidinho




Gente, to passando rapidinho pra deixar um recado da minha amiga Ana Paula.


Ela é super linda, talentosa e tá envolvida num projeto muito bacana


Abaixo o recadinho que ela mandou pra mim:




"AULÃO DE DANÇA DO VENTRE EM ITABORAÍ NA ACADEMIA RODRIGUES

25/11/09 às 17h30min até às 18h30min. Interessados, entrem em contato comigo por telefone: 7631-6560 ou 8442-1655 (meus celulares). Os telefones da academia são: 2635-1294 ou 2645-5817. Liguem até mesmo para indicar um horário melhor no mesmo dia, como de 19h30min às 20h30min (com ANTECEDÊNCIA).


Para quem não conhece o local, posso me encontrar com vcs antes de irmos! Indique para as mulheres que conheça (mãe, irmã, primas, sobrinhas, tias, avós, vizinhas)!


E aproveitando a deixa, rsrs...Dias 28 e 29 de novembro, haverá a Mostra de Dança Patrícia Araújo. Comemorando sua carreira com este evento, que contará com ballet, sapateado, jazz, DANÇA DO VENTRE, entre outros! Interessados, por favor, entrem em contato comigo pelos celulares que passei acima ou liguem para: 2635-3534 (Academia Estação Sport Center). Local: Teatro Municipal de Itaboraí – Praça de Itaboraí."




Espero que gostem da dica, afinal dança do ventre é tudo de bom!!!
Por hoje é só pessoal, estou morta de cansaço, amanhã prometo que ponho minha leitura de blogs em dia e trago mais novidades!!




Oi voltei só pra acresentar uma coisinha: O aulão é 0800 , totalmente grátis!!
Vou estar lá com certeza.

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Saudades

Lilica,uma cocker misturada com pequinês que ganhou meu coração


28 de maio de 2004, eu grávida de 5 meses e meio da minha 1ª filha, gravidez de risco, com muita dor, sangramento e descaso de pessoas que não acreditavam que uma menina tão nova podia ter problemas numa gravidez. Estava em casa com meu marido, mamãe chegou com uma pequena bola de pêlos na mão dizendo que estavam dando, mas com tínhamos muitos cachorros(tínhamos uns 5 acho) ela não ficaria, na hora eu me apaixonei, eu quis, e ela me deu.Que nome dar, pensamos. Daí nos lembramos de uma cachorrinha que vivia no bar de mamãe (mamãe tinha um barzinho naquela época) e se chamava Lilica, era cocker como a que ganhei, só que marrom, e lembramos dos nossos cachorros, que mamãe vivia trocando o nome deles, chamando -os pelo nomes dos que tinham morrido há anos porque nunca gravava os nomes, daí resolvemos dar o mesmo nome da cachorrinha e ficou assim: Lilica. No mesmo dia, com meu bebê mexendo muito, eu dei ela pro meu bebê, disse que cuidaria até que meu bebê nascesse...Passou a noite, Lilica não sossegou enquanto não ficou com a gente na cama. De manhã muito cedo meu marido saiu pra uma viajem a trabalho e eu fiquei em casa. Ao longo da manhã eu comecei a sentir mais dores que de costume até que por volta das 9 fui pro hospital, Ana Letícia nasceu, com 550 gr, sem muitos recursos no hospital, sem conseguirem entuba-la ela morreu por não conseguir respirar. Engraçado que eu lembro de no dia seguinte, o dia que saí do hospital direto pro cartório pra registrar o nascimento e o óbito da minha filha e em seguida enterra-la, de ter chegado em casa e perguntar: cade lilica? Marido disse que ela tava bem, que gostou de dormir com os cachorros no quintal, dai em diante não a larguei mais. Cuidei de Lilica como uma filha, dava banho toda semana, passava perfume, vestia, ela me dava carinho e eu lhe dava atenção.Levava-a a todos os lugares.


Quando engravidei de Neto minha antiga alergia voltou, tive que deixar Lilica de lado um pouco, tive que abrir mão de muita coisa pra ter esse filho e tive. Quando ele nasceu e chegamos em casa com ele lá estava ela: curiosa, louca pra saber o que estava fazendo barulho no meu colo.E claro que Cléo já estava lá também... Ah essas duas, sempre se amaram se odiando. Cléo odeia manifestações de afeto, Lilica adorava manifestar afeto, logo Lilica corria atrás de Cléo pra lambe-la e Cléo brigava com ela, era tão bonito de ver... A medida que Neto crescia ele e Lilica fortaleciam mais ainda a amizade. Ao ponto da bichinha ficar com medo dele de tanto que ele queria ficar agarrado nela. Quando nos mudamos vimos que o portão era alto, por isso improvisamos com madeiras e tijolos pra ela não fugir, afinal apesar de afetuosa Lilica sempre teve a sindrome da baixinha invocada (certa vez levamos ela e outro cachorro nosso, vira-latas, pra vacinar, quando passamos por um pastor alemão enorme meu vira latas correu pra cima de mim com medo. Lilica não, avançou no pastor alemão,querendo brigar com ele). No final de março inicio de abril desse ano tinham uns cachorros andando soltos no condomínio, o sindico chegou a multar alguns dos donos, mas não adiantou muito. Numa noite eu ouvi um choro, uma briga, deduzi: são os cachorros da rua. E eram, com a minha Lilica. Lilica brigou com eles e voltou pra casa muito machucada, fedendo muito, deve ter apanhado de uns 4 cachorros grandes pelo menos. Cuidamos dela mas já não adiantava, na manhã do dia 7 de abril ela morreu, e com ela um pedaço de mim se foi. Não se tratou apenas de lembranças, carinho ou afeto, mas sim de alguém que chegou na minha vida num momento difícil e ficou comigo quando eu mais precisei.

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Sonhos de consumo

Por causa dos filhotes da Cléo tive que abrir mão desse sonho: um cachorro pequeno.

Marido já usou tudo quanto foi desculpa pra não me dar um. Deste estar sem dinheiro até o espaço entre o portão e o chão, que permitiria o cachorrinho fugir (foi assim que Lilica fugiu).

Mas eu não desisto. Dia 15 faço 1 ano de casada na Igreja e dia 5, 6 anos de casada no papel, acho que posso exigir um pouquinho no presente !

Eu já tive pequinês, raça que amo, e minha Liliquinha era cocker com pequinês.

Por causa da minha alergia eu queria um cachorro com pouco pêlo, mas isso não impede de sonhar.




Pequinês
No site diz que ele é alegre, leal e vivaz, o da pessoa que escreveu isso bem deve ser mesmo. Os meus eram rabujentos que só, mas realmente eram leais. Talvez por isso eu gostasse tanto deles.







Spitz Alemão Anão (ou Lulu da Pomeranha)
Extremamente dócil e independente, amigo apaixonado e sempre disposto a brincadeiras
Pense em um sonho. Agora pense em um sonho impossível. Agora pense em um sonho impossível que te faz se coçar toda e espirrar. Taí, isso é o Spitz pra mim. Nada que um polaramine não resolva.



Yorkshire
Alegre, cheio de vida, superinteligente, cão nobre, de colo, indicado para crianças e idosos.




Pug
Charmoso, inteligente, equilibrado e muito companheiro. Ama crianças e idosos






Pinscher
Vivo, temperamental, seguro e equilibrado. Tudo isso faz dele um agradável cão de família.
Meu marido tem pavor desse cãozinho. Mas eu gosto


Chihuahua
Apega-se muito às pessoas com quem convive, seguindo-as o tempo todo quando possível. É realmente um fiel companheiro. Sente enorme amor pelo seu dono e fica extremamente feliz ao estar ao seu lado ou no seu colo, protegendo-o de qualquer perigo







Terrier Brasileiro (Fox Paulistinha)
Temperamento ativo, brincalhão, esperto, atento e muito valente (não tem noção de seu tamanho); escolhe um dono e o segue e obedece a qualquer preço; excelente guardião, ótimo caçador, adora todos da casa, porém é arredio com estranhos; fiel companheiro, é muito paciente.







Fonte http://www.pequenoscaes.com.br

Ilumine-se

Algumas ideias de luminárias diferentes, com reaproveitamento de copos e garrafas, muito fácil de fazer. Caso resolva fazer uma dessas, por favor leve a um vidraceiro pra fazer algum corte que seja necessário, pra evitar acidentes



Taças




Achei esse o máximo, foi usado como luminária fixa, com lâmpadas, mas dá pra usar com velas também. Um charme


Potes, copos ou qualquer outro vidro com um pedacinho de renda ou bordado inglês colado por fora








Sabe aquelas garrafas de vinho e cerveja vazias...














Garrafas cortadas, pintadas com verniz vitral e finalizadas com uma tinta relevo (tipo squizz)










Ha ha ha ha, meu filho andava pra cima e pra baixo no banco de trás do meu fusca deitado num desses



Esse aqui tem PAP



Pra enfeitar a mesa: frutas

Basta corta-la e colocar parafina derretida e um pavio







Já pensando no Natal